Jovem Aprendiz Itaú: Como Funciona Esse Processo? Entenda Aqui!

O Jovem Aprendiz Itaú é o programa de capacitação profissional do banco Itaú, voltado para jovens e adolescentes brasileiros que desejam ter a oportunidade de crescer profissionalmente. Descubra como concorrer às vagas Jovem Aprendiz Itaú e quais são os requisitos necessários.

O Itaú, que está em atuação desde o ano de 1945, é um dos maiores bancos privados do Brasil, tendo sua sede na capital de São Paulo. Assim, atuar nesta empresa é uma enorme chance de dar o pontapé inicial na sua vida profissional.

Como funciona o Jovem Aprendiz Itaú

Como funciona o Jovem Aprendiz Itaú

O Itaú participa do programa de aprendizagem por causa da Lei 10.097/2000, que determina que empresas de grande porte devem ter Jovens Aprendizes dentre seus funcionários. Assim, facilita o acesso do adolescente ao primeiro emprego.

O funcionamento do Jovem Aprendiz Itaú é bastante simples. Durante todo o ano são disponibilizadas vagas destinadas para este público. A ideia é que o jovem trabalhe nas áreas administrativa e de atendimento, recebendo todo o conhecimento teórico e prático para desempenhar as funções.

Dentre as principais responsabilidades do aprendiz estão:

  • Realização de cadastros em sistemas virtuais;

  • Distribuir senhas e orientar os clientes;

  • Atendimento telefônico;

  • Digitar documentos;

  • Ajudar gerentes e outros funcionários;

Durante o programa o Jovem Aprendiz é acompanhado de perto por um supervisor, que irá orientar e tirar dúvidas. O Jovem Aprendiz Itaú também é uma chance de conseguir uma vaga de trabalho efetiva, já que existem funcionários da empresa que deram os primeiros passos em sua carreira profissional como aprendizes.

A carga horária máxima de trabalho será de 6h diárias, sendo proibido a prestação de horas extras. No total, o programa tem dois anos de duração, que incluem não apenas a parte prática como também mais de 600h de aprendizado teórico.

Os cursos teóricos são oferecidos pelo Itaú e tem como principal função apresentar as principais atividades do mundo corporativo e bancário, de forma que o adolescente/jovem chegue a prática mais preparado.

Quem pode se inscrever?

Para se inscrever no Jovem Aprendiz Itaú é necessário cumprir alguns requisitos solicitados pelo banco e ligados a Lei de Aprendizagem. O candidato interessado deve:

  • Ter entre 16 e 22 anos;

  • Estar cursando ou já ter concluído o ensino médio;

  • Disponibilidade para trabalhar 6h por dia, cinco dias por semana;

  • Bom desempenho e frequência escolar;

  • Ser aluno da rede pública de ensino (não obrigatório);

Note que, diferente de outros programas Jovem Aprendiz, o Itaú pede que os candidatos já tenham concluído o ensino fundamental e tenham mais de 16 anos.

Como se inscrever?

As inscrições no Jovem Aprendiz Itaú são feitas pela internet. O candidato interessado deve seguir as seguintes etapas para realizar sua candidatura:

  • Acessar o site oficial do Itaú (https://www.itau.com.br/);

  • Clicar em “Carreiras”;

  • Selecionar “Programas” e procurar pelo Programa Aprendiz;

  • Clicar em “Veja mais sobre o programa”;

  • Ler todas as informações sobre o Jovem Aprendiz Itaú;

  • Clicar em “Inscreva-se”.

Feito isso, o candidato deverá preencher todas as informações solicitadas para se inscrever no Programa Aprendiz. No caso do Itaú, toda a candidatura é realizada através do portal Vagas.com.

Neste momento o Jovem Aprendiz estará enviando um breve currículo, que será analisado pela empresa. As etapas do Jovem Aprendiz Itaú são divididas em:

  • Seleção de currículos: o Itaú irá verificar se os candidatos se enquadram nos requisitos e dará prioridade a candidatos estudantes de escola pública e de baixa renda;

  • Entrevista coletiva: realizada com todos que forem selecionados na etapa anterior;

  • Entrevista individual: feita com o gestor da área.

Benefícios e remuneração

É um direito do Jovem Aprendiz ser remunerado pela prestação de serviços ao banco Itaú. Além da remuneração, também são oferecidos alguns benefícios. Enquanto fizer parte do Jovem Aprendiz Itaú, terá direito a:

  • Salário compatível com a função de aprendiz;

  • Acesso a cursos de capacitação profissional (600h);

  • Vale-refeição;

  • Vale-transporte (sem desconto);

  • Seguro de vida (em grupo);

  • Assistência médica;

  • Assistência odontológica;

Pela lei, o salário do Jovem Aprendiz deve ser equivalente ao salário mínimo nacional. Atualmente, para o ano de 2020, o valor estipulado foi de R$ 1039, com reajuste para R$ 1045 a partir de fevereiro de 2020.

O valor da diária de trabalho, para um funcionário que cumpre o total de 8h diárias, é de R$ 35,13 e o valor da hora de R$ 4,79.

Assim, com a vigência do novo salário mínimo, o Jovem Aprendiz Itaú poderá receber até R$ 574,80. Considerando o valor atual, de R$ 1039, o aprendiz tem seu salário fixado em, minimamente, cerca de R$ 566,40.

Conclusão

O programa Jovem Aprendiz Itaú pode ser o primeiro passo na sua carreira profissional, já que seu foco é o crescimento do aprendiz dentro da empresa. Para isso, é indicado aproveitar ao máximo a oportunidade e acompanhar as novidades sobre as inscrições e o que é esperado dos candidatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *